Do outro lado do Atlântico, Brandee Younger visita o Misty Fest.
A norte-americana, conhecida por ampliar as fronteiras do som da harpa rumo a paragens sonoras tão diversas como o jazz, a soul e o funk, atua pela primeira vez no nosso país onde mostrará os temas do último álbum “Brand New Life”, uma coleção de originais, mas também de releituras de composições de ídolos confessos como Dorothy Ashby.

Younger fez história ao tornar-se a primeira mulher negra a ser nomeada para o Grammy de Melhor Composição Instrumental. Este ano, na 55.ª edição dos NAACP Image Award conquistou o prémio na categoria jazz com “Brand New Life”.